Percy Jackson: Gregos e Romanos

o melhor rpg de percy jackson do mundo


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Treino de Combate a monstros 3

Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

1Treino de Combate a monstros 3 Empty Treino de Combate a monstros 3 em Sab Ago 13, 2011 10:04 am

Quíron

Quíron
Admin
O dia amanheceu ensolarado, os campistas saíram de seus chalés cedo para tomar o café da manhã, enquanto eles se deliciavam com a comida, eu ainda com meu pijama na parte humana do corpo e meu gorro na cabeça disse:
-Campistas, enquanto Desordeiro estava aqui, ele, André Finco e Luz Profunda capturaram vários monstros, inclusive uma matilha de lobos que andava pelo bosque, hoje, eu gostaria que vocês os matassem, não haverão salas separadas, eu deixarei vocês na arena e soltarei os lobos, venham às 9:30.
Mais tarde na arena, os campistas foram chegando aos poucos, trazendo suas armas e mascotes, alguns estavam até de armadura completa, os romanos com suas implacáveis posições de batalha e suas caras rígidas cobertas de cicatrizes do passado e os gregos, alguns formando uma falange espartana e outros separados de arcos à postos, no canil os lobos espumavam de raiva, pedindo carne e raspando as garras fortes como aço na grade, eu então peguei o controle remoto e apertei o botão verde, a porta do canil se abriu e os lobos saíram correndo para os semideuses...

Narrem toda a luta em uma única parte, usando poderes mascotes e armas, eu gosto de posts longos, lembrando que já entraram em vigor o Código Quíronionico e as Regras de Postagem

Ver perfil do usuário http://percyjacksongrrom.forumeiros.com

2Treino de Combate a monstros 3 Empty Re: Treino de Combate a monstros 3 em Sab Ago 13, 2011 10:52 am

O dia amanheceu, vesti minha camisa pólo xadrez, minhas calças jeans detonadas, meu tênis NIKE de cano alto e meu AEGIS em forma de relógio, fui ao refeitório tomar café da manhã. Chegando lá comi uma Barra de Cereal, tomei um Copo de Leite e fiz uma Salada de Frutas, quando acabei de comer Quíron apareceu ainda de Pijamas com seu Gorro na Cabeça, ele bravamente falou:
- Campistas, enquanto Desordeiro estava aqui, ele, André Finco e Luz Profunda capturaram vários monstros, inclusive uma matilha de lobos que andava pelo bosque, hoje, eu gostaria que vocês os matassem, não haverão salas separadas, eu deixarei vocês na arena e soltarei os lobos, venham às 9:30.
Na hora eu pensei:
- Ótimo! Será muito bom!
Então voltei ao meu Chalé para pegar minhas Armas e minha Águia, quando cheguei poucos campistas já haviam chegado, alguns estavam até de armadura completa, os romanos com suas implacáveis posições de batalha e suas caras rígidas cobertas de cicatrizes do passado e os gregos, alguns formando uma falange espartana e outros separados de arcos à postos, no canil os lobos espumavam de raiva, pedindo carne e raspando as garras fortes como aço na grade quando o último campista chegou Quíron pegou um controle e apertou o botão verde, a porta do canil se abriu e os lobos saíram correndo para nos atacar:
Eu gritei campistas, ataquem sem dó! Todos os campistas correram em direção dos lobos. Um dos lobos veio correndo e pulou em cima de mim, na hora ativei meu AEGIS, o empurrei de volta peguei meu Machado de Dois Gumes de Bronze Celestial e apunhalei com tudo na cabeça dele causando um grande corte, depois guardei meu Machado e peguei minha Espada Média de Bronze Celestial e minha Espada Elétrica, coloquei meu Escudo de couro de Telquine no pulso direito fui atacando um por um cortando eles, uma hora fiquei rodeado de lobos, então eletrocutei alguns e encantei uma das Fêmeas da matilha e a fiz matar os outos machos, cortei suas cabeças uma por uma, mas chegou uma hora que um consegui me morder na perna e ele não largava de qualquer jeito, na hora me deu um aperto no coração assoviei e minha Águia usando suas garras o cegou. Quando todos os campistas já tinham matados todos joguei meu isqueiro nos corpos deles porque como ja havia dito não gostava de matar animais inocentes, depois fui encontrar Quíron para ver se fui bem no treino.

Técnicas Utilizadas:
Level 2:Manipulação de Eletricidade
Level 1:Autoridade Máxima
Level 2:Atração



Última edição por luz profunda em Sab Ago 13, 2011 12:10 pm, editado 2 vez(es)

Ver perfil do usuário

3Treino de Combate a monstros 3 Empty Meu primeiro combate a "monstros" em Sab Ago 13, 2011 11:52 am

Acordei com o despertador do meu celular, porque sabia que teria treino aquela manhã. Saí de meu chalé, meu irmão ainda dormindo, e fui tomar meu café da manhã. Ainda assim levei a mochila com as armas para o treino que haveria logo depois. Comecei a comer um sanduíche bem legal com várias coisas, com um bom copo de suco de uva, que tinha um gosto especialmente bom e me deu mais energia, eu já me sentia pronto para lutar com uma hidra caso fosse o caso. Mas logo Quíron saiu da Casa Grande, ainda de pijama e gorro, e disse:

— Campistas, enquanto Desordeiro estava aqui, ele, André Finco e Luz Profunda capturaram vários monstros, inclusive uma matilha de lobos que andava pelo bosque, hoje, eu gostaria que vocês os matassem, não haverão salas separadas, eu deixarei vocês na arena e soltarei os lobos, venham às 9:30.

Olhei para meu relógio digital: 9:20. "Legal", pensei eu,"Tenho mais uns 10 minutos". Resolvi tomar mais suco de uva, mas não foi a mesma coisa. Lembrei da lista de Poderes Herdados de meu pai. "Uma vez por missão", pensei eu. Ainda assim, eu já estava revigorado e o suco de uva estava bom. Passei os próximos 10 minutos treinando um pouco com a espada, tentando ver o melhor jeito de atacar um lobo.

Às 9:30, estavam todos na arena, gregos e romanos, cada um com seus equipamentos de batalha. Coloquei minha armadura e preparei espada e escudo. Pensei em como eu nunca usava aquela lança, e me perguntei se conseguiria um bom preço em dracmas por ela. Mas tive que pensar nisso depois, pois antes que eu percebesse Quíron havia soltado os lobos na arena. Cada campista foi para um lobo - e como os lobos estão acostumados a atacar em grupo, aquilo facilitou as coisas para nós.

Um deles ia me atacar por baixo, e eu pulei como pude e o acertei nas costas. O lobo caiu na hora. Logo vi que havia muito mais lobos chegando, e me preparei. Dois começaram a me cercar, me rodeando, cada um com suas presas afiadas ali por perto. Eu sabia que tinha que pegá-los separadamente, dividir e conquistar. Então amarrei as patas traseiras de um com videiras que fiz crescer do chão.

O outro lobo ficou confuso com a ideia, e o ataquei com a espada. Acontece que ele estava de fato prestando atenção,e abocanhou minha perna. Tremi, gritando de dor, e acho que só não caí porque tomei aquele suco de uva no café da manhã. "O café da manhã", pensei eu, "no fim das contas é mesmo a refeição mais importante do dia, não é mesmo?". Mas então lembrei do meu poder de atuação e caí de propósito, fingindo de morto. E quando os lobos pareciam estar desistindo, um deles já indo embora, levantei tão rápido quanto pude e acertei o lobo amarrado com o escudo, e fiz um grande ferimento em sua cabeça enquanto ele estava atordoado. O outro lobo voltou rugindo por vingança, e o fiz tropeçar em um pequeno "bloco" que consegui criar com algumas videiras baixas em certo ponto. Eu só o fiz cair, atordoado, mas Luz Profunda estava passando por aí queimando os lobos mortos com seu isqueiro e acabou queimando aquele ali também, confundindo-se e tomando-o como morto. Então acho que me saí bem em parte por causa dele.

Então alguns campistas foram para seus chalés, mas eu fui ao refeitório com muitos outros - já era hora do almoço. E, depois de lutar com lobos em uma arena, era disso mesmo que eu precisava. Disso e de um pouco de ambrosia.

Poderes utilizados: Vinho I, Broto, Artes Cênicas.



Última edição por Pólux em Sab Ago 13, 2011 12:04 pm, editado 1 vez(es)

Ver perfil do usuário

4Treino de Combate a monstros 3 Empty Meu mascote em Sab Ago 13, 2011 11:58 am

Desculpe não usar meu mascote, mas não se leva um beagle para uma luta com lobos - quero dizer, ele não iria tecnicamente lutar, a menos que moredesse um lobo ou algo assim - e seria tão difícil quanto estranho isso acontecer. E, bem, os lobos não precisam ser farejados para ser encontrados. Meu cachorro seria útil, talvez, em uma missão, para encontrar alguma coisa.

Ver perfil do usuário

5Treino de Combate a monstros 3 Empty Treino de Combate a monstros 3 em Sab Ago 13, 2011 12:21 pm

Me levantei e começei a me vistir já que teria um treino contra lobos, coloquei minha camiseta polo meu shorts jeans e meu tenis NIKE, coloquei meu elmo, peguei minha espada e meu escudo de exoesqueleto de escorpião gigante, chamei Charlie meu cachorro e fomos juntos até a arena, lá alguns campistas já estavam lutando contra os lobos percebi que estava atrasado e sai correndo, ao chegar três lobos apareceram e começaram a rosnar para o Charlie que rosnou de volta isso me deu tempo de dar a volta neles e de cortar as patas tarseiras de um e a cabeça de outro, o terceiro se virou e mordeu meu braço eu fiquei com raiva o agarrei e quebrei deu pescoço, joguei ele no chão e disse para o Charlie com um sorriso no rosto "coma", ele então atacou o corpo já sem vida do animal, sai correndo com a espada raspando no chão e cortei um lobo ao meio e outro se virou e teve seu rosto partido ao meio, quando me cansei chamei o Charlie e fui embora ainda com o sorriso no rosto.

poderes utilizados:força level 1

Ver perfil do usuário

6Treino de Combate a monstros 3 Empty Re: Treino de Combate a monstros 3 em Dom Ago 14, 2011 8:24 pm

Quíron

Quíron
Admin
Caio:150 exp.
Pólux:180 exp.
Lucanios:80 exp.

Ver perfil do usuário http://percyjacksongrrom.forumeiros.com

7Treino de Combate a monstros 3 Empty Treinar em Seg Ago 15, 2011 12:19 pm

Levantei um pouco cedo.Estava com fome.Comi um sanduíche e fui por uma camisa xadrez e uma calça revestida com placas de metal e revesti uma camisa por baixo.Aí fui lá fora.Quíron esrava lá

Ele mandou aquele bando de lobos na minha cara.Tentei fugir mas um me mordeu.Aí eu eletrifiquei a minha espada e corri até um.Ele morreu instantâneamente.Matei-o.Fiquei com pena do resto.Usei a minha autoridade neles e mandei-os ficar parados.Usei a eletriciadade e os matei.

Poderes:Manipulação de Eletricidade e Autoridade Máxima

Ver perfil do usuário

8Treino de Combate a monstros 3 Empty treino em Seg Ago 15, 2011 8:01 pm

acordei apressado,todos estavam comentando de lobos lutando contra meios sangues.
corri átras deles e os encontrei lutando contra varias feras com caninos do tamanho de um recem-nascido.
Encontrei Caio Salles lutando contra alguns lobos,percebi que um lobo se aproximava dele por traz,invoquei garra de prata em cima dele.
depois peguei minha espada e disse a Caio:
-você não consegue ficar longe de confusão não é?
Não esperei ele responder,deixei meu braço intangivel e arranquei o coração de um lobo.
Garra de prata matava lobos com muita facilidade mas eu percebi que mais estavam vindo,criei um tremor fraco e desequilibrei os lobos ao redor de garra de prata,foi o sufisiente para ele rasgar a perna da maioria deles.
Lutar com lobos logo depois do almoço,perfeito!

PODERES UTILIZADOS:invocação de cães infernais,intangibilidade,terremotos(inciante)

Ver perfil do usuário

9Treino de Combate a monstros 3 Empty Re: Treino de Combate a monstros 3 em Sex Ago 19, 2011 11:19 pm

Acordei bem disposta, eu havia sonhado com dois grandes amigos mortais e um sátiro que eu tive na última escola, Academia Hamminton, em que fui expulsa por ter matado o cachorro da diretora. Tive que aguentar escutar a escola inteira me chamando de assassina de cachorrinhos por dois dias até ser expulsa, mas aquilo não era um cachorrinho, e sim um lobo escondido pela névoa que queria me matar e eu não tive escolha a não ser mata-lo primeiro, com a grande consequencia de ter que abandonar a única escola em que eu me senti feliz.
Após me vestir com uma camiseta do acampamento e um shorts velho, fui tomar café da manhã no refeitório. A comida preparada pelas ninfas é íncrivelmente deliciosa e leve! Mas, como eu não estava com muita fome comi apenas um iogurte feito com os morangos silvestres do acampamento.
Avistei Quíron chegando ainda com pijamas, um gorro de dormir na cabeça e pantufas felpudas em seus dois pares de patas de cavalo. Então ele disse bastante firme pra quem acaba de acordar:
- Campistas, enquanto Desordeiro estava aqui, ele, André Finco e Luz Profunda capturaram vários monstros, inclusive uma matilha de lobos que andava pelo bosque, hoje, eu gostaria que vocês os matassem, não haverão salas separadas, eu deixarei vocês na arena e soltarei os lobos, venham às 9:30.
Lobos mesmo? Eu odiava lobos, afinal um lobo foi a razão de eu ter sido expulsa de Hamminton. Ótimo, assim eu descontaria a minha raiva neles.
Voltei a meu chalé para me preparar, vesti minha armadura de couro de Telquine, peguei meu escudo, minha faca de prata na bainha, as minhas duas outras espadas dentro da minha mochila verde mágica e meu tridente, leve como a água. Quando cheguei na arena alguns campistas já estavam lá, o dia estava lindo como sempre, afinal o clima é mágicamente controlado no acampamento. Fui conversar com alguns semideuses que já estavam lá, alguns deles de armadura completa, os romanos formando complexas posições de batalha com horríveis cicatrizes que foram resultados de antigas batalhas e alguns dos gregos formando falanges espartanas. Os lobos estavam sedentos de sangue e rosnando, suas garras eram grandes e fortes, causando arranhões nas grossas grades do canil.
Todos os campistas haviam chegado e então Quíron, já vestido, pegou um controle remoto e apertou nele um botão verde, que fez as portas do canil abrirem. Todos os lobos saíram correndo para nos atacar. Então meu primo Caio gritou:
- Campistas, ataquem sem dó!
E foi isso que nós fizemos, os campistas gritaram e atacaram. Um dos lobos, que possuia olhos amarelados igual ao totó da diretora, veio em direção a mim, desviei dele por uma fração de segundo e o bati com o escudo, depois o espetei com meu tridente. Olhei para trás e tinham mais dois lobos se aproximando, e quando vi tinham tres lobos em minha frente também, eu estava cercada. Olhei a meu redor buscando água, mas não havia na arena, o lugar mais próximo com água era o mar da praia do acampamento, então fiz por extinto, estendi minha mão em direção de onde a praia ficava, um dos lobos se aproximou e mordeu minha perna, uma dor aguda percorreu meu corpo, por favor pai, a água era minha única saída. Imediatamente senti um repuxo no estomago e vi um rastro de água vindo, infelizmente era menos do que o necessário para afogar os lobos, mas poderia fazer eu repor as energias e curar minha perna. a água tocou minha mão e foi descendo pelo meu corpo até minha perna, fechando o corte quase por completo. Me sentindo nova em folha, parti para um dos lobos, e o apunhalei com minha faca de prata e logo apunhalei o que estava em seu lado, os de trás vieram pular em mim, mas fui mais rápida, larguei o escudo e peguei minha espada de Bronze Celestial, Ouro Imperial e Prata em uma mão e o tridente em outra, assim acertei dois lobos ao mesmo tempo. Parti em cima do outro, mas ele fugiu com medo.
Quando todos os lobos foram mortos, fui até Quíron para saber se eu havia ido bem no treino.

Poderes utilizados:

Cura Áquatica ( Nível 1)
Hidrocinese iniciante ( Nível 1)

Ver perfil do usuário

Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum